PT decidirá sobre eleição e convite para Dilma ocupar cargo em fundação

O Diretório Nacional do PT se reunirá nestas quinta (10) e sexta-feira (11), em São Paulo, para definir a data da eleição interna do partido, informou nesta segunda (7) o atual presidente, Rui Falcão.

No encontro, o diretório, acrescentou Falcão, também deverá votar a indicação da ex-presidente da República Dilma Rousseff para o cargo de presidente do Conselho Curador da Fundação Perseu Abramo, vinculada ao PT.

“O método de escolha da [nova] direção será [nos dias] 10 e 11. Que vai haver congresso [para a eleição], vai. E que vai haver troca da direção, também. […] Mas [o Diretório Nacional] não vai discutir nomes [para assumir o PT], porque não tem nem o processo ainda”, disse Rui Falcão nesta segunda.

“Vamos preceder isso [a reunião do Diretório Nacional] de um documento político, que vai tratar da situação mundial, do Brasil e quais propostas o PT apresenta ao país, e qual o balanço que fazemos da nossa trajetória, e se tem propostas de fazer ou não mudanças organizativas no partido”, acrescentou.

As declarações de Rui Falcão foram dadas após ele participar, em São Paulo, de uma reunião entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e deputados federais do PT.

Inicialmente, a eleição para presidente do PT estava prevista para o segundo semestre do ano que vem. Diante da pressão de correntes internas, a direção nacional decidiu antecipar o pleito para o primeiro semestre. A data, porém, ainda não foi escolhida.

Publicamente, Rui Falcão defende que o ex-presidente Lula assuma o comando do PT, mas, segundo relatos de dirigentes petistas ouvidos pelo G1, ainda não há consenso sobre essa alternativa.

Outros nomes, como o do ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner, o do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e o do líder da oposição no Senado, Lindbergh Farias (RJ), são defendidos nos bastidores.

Questionado sobre se, na reunião desta segunda, algum parlamentar disse que deixaria o partido por estar insatisfeito, o presidente do PT disse que “não viu”. “O que nós debatemos foi ampliar o espectro da esquerda, valorizar as iniciativas de aproximação com os movimentos sociais e como atuar nas frentes mais incisivamente”, acrescentou.

Dilma

Ao falar sobre o convite para Dilma assumir a presidência do Conselho Curador da Fundação Perseu Abramo, Rui Falcão avaliou que a ex-presidente da República “não está distante” do PT, “pelo contrário”.

“Ela [Dilma] tem participado da vida do partido”, enfatizou, acrescentando que, na semana passada, a ex-presidente esteve no Uruguai, com o deputado Pepe Vargas (PT-RS), “representando o PT” em um ato político.

Segundo explicou Rui Falcão, para Dilma assumir o cargo na fundação, o Diretório Nacional terá de aprovar sua indicação.

“Ela vai ser indicada, o diretório vai votar e vamos eleger o novo conselho da fundação e a nova diretoria. Ela vai ser eleita, por proposta nossa, presidente do conselho da fundação”, completou.

CARIRI EM AÇÃO

G1

CONFIRA OS RESULTADOS DO PRÊMIO REFERÊNCIA  

Leia mais notícias em caririemacao.com, siga nossa página no Facebook e veja nossas matérias e fotos. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Cariri em Ação pelo WhatsApp (83) 9 9634.5791 ou (83) 9 99418939.