Verão aumenta risco de infecções provocadas por alimentos

O verão é, sem dúvidas, uma das estações mais esperadas do ano. Tempo de férias, mar, sol e descanso. Mas é também o período que registra temperaturas mais elevadas e um risco maior de infecções provocadas por alimentos mal acondicionados. 

Nas praias, por exemplo, é comum a comercialização de lanches em carrinhos e até ao ar livre. Muitos são bem apetitosos, mas podem causar mal estar, diarreia e outros transtornos. É o que alerta a nutricionista do Hapvida em Campina Grande, Virgínia Medeiros. 

“No calor, as bactérias se proliferam muito mais. Nos sanduíches, há os derivados de leite e as proteínas, e as bactérias se proliferam muito rápido em um ambiente como este. Então, é importante tentar levar de casa o lanche; mas se não der, antes de sentar na barraquinha para comer, dar uma olhada pra ver se o lugar está limpinho, organizado”, comenta a especialista.

Virgínia também alerta para o cuidado redobrado com idosos e crianças. “Sobretudo com a hidratação. No verão, a gente pode abusar de sucos e água de coco, de alimentos leves. É bom lembrar que refrigerantes e cervejas, por exemplo, não substituem a água na hidratação”. 

Uma outra dica para evitar problemas é consumir alimentos mais secos, como cereais, amendoim, castanhas e frutas. Até mesmo as famosas barrinhas de cereais podem ser uma opção para quem prefere não levar tanto volume para a praia.

Paraíba em Destaque

Compartilhe

Redação Cariri em Ação

Leia mais notícias em caririemacao.com, siga nossa página no FacebookInstagram e Youtube e veja nossas matérias, vídeos e fotos. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Cariri em Ação pelo WhatsApp (83) 9 9634.5791, (83) 9 9601-1162.