Alunos da escola estadual que moram na zona rural de Camalaú são prejudicados por falta de transporte anunciado em programa de rádio

Alunos da Escola Estadual Integral Pedro Bezerra Filho, na cidade de Camalaú, interior da Paraíba, ficaram sem ir à escola nesta terça-feira, dia 12 de fevereiro, por falta de transporte escolar, responsabilidade do Governo Estadual.

O fato que chamou atenção é que no ano passado, a Secretaria Estadual de Educação da Paraíba firmou parceria com a Prefeitura de Camalaú para facilitar o transporte dos alunos, só que este ano, a Prefeitura não foi procurada para firmar o convênio e os alunos ficaram prejudicados.

Mesmo assim, sem ter procurado a prefeitura para unir força e transportar os alunos da zona rural, a direção da escola divulgou que haveria transporte escolar para os discentes do educandário, inclusive, confirmado pela vereadora Nicinha Chaves, durante programa de rádio, veiculado neste sábado (09), na 95 FM. CLIQUE NESTE LINK E VEJA VÍDEO: https://www.facebook.com/CaririEmAcao/videos/301399374063289/

Na rede social, a diretora do educandário, Rosilene Feitosa Costa, comunicou a suspensão do transporte e comunicou que quando o processo licitatório tiver pronto e assinado com os motoristas que irão transportar os alunos, as aulas serão iniciadas.

Outro fato grave a ser divulgado é que a vereadora Nicinha Chaves, mesmo sabendo da Lei de Licitação n.º 8.666/93, fez o comunicado que haveria o transporte escolar e anunciou, inclusive, nomes de motoristas que iriam transportar os alunos, mesmo não tendo sido realizado a licitação para a contratação de transporte para os alunos da escola estadual.

Procurado pela reportagem do Cariri em Ação, o gerente regional de educação, Ari Prata, disse que o processo licitatório será realizado e o transporte será normalizado.

A equipe do Cariri em Ação também manteve contato com Secretaria Municipal de Educação para saber se houve falta de interesse da secretaria. A Secretaria informou que em nenhum momento a direção da escola estadual procurou a Prefeitura Municipal para firmar parceria, objetivando beneficiar os alunos da zona rural.

Enquanto isso, alunos da Escola Estadual Integral Pedro Bezerra Filho que moram nos sítios e no distrito de Pindurão ficam sem ir à escola por conta de planejamento da escola em relação ao transporte escolar.

Agora cabe ao Ministério Público Estadual apurar o caso e verificar a idoneidade e licitude do processo licitatório que deverá ser realizado nestes próximos dias.

Compartilhe

Cariri Em Ação

Leia mais notícias em caririemacao.com, siga nossa página no FacebookInstagram e Youtube e veja nossas matérias, vídeos e fotos. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Cariri em Ação pelo WhatsApp (83) 9 9634.5791, (83) 9 9601-1162.