Record apresenta substituto de Paulo Henrique Amorim no Domingo Espetacular

Sob nova direção, o Domingo Espetacular vai ganhar mais um nome em seu já congestionado elenco de apresentadores. O repórter especial Eduardo Ribeiro passará a ser âncora do dominical, que já tem Paulo Henrique Amorim, Janine Borba, Thalita Oliveira e Patrícia Costa. Amorim continua na revista eletrônica, mas Ribeiro deverá substituí-lo definitivamente em até dois anos e meio.

A ida de Ribeiro para o Domingo Espetacular já está sacramentada. Nos próximos dias, Antonio Guerreiro, novo vice-presidente de Jornalismo, deve definir quando será a estreia de Ribeiro como apresentador fixo da atração, que dura quase quatro horas.

Criado em 2004 para ser uma versão da Record para o Fantástico da Globo, o Domingo Espetacular sempre teve três apresentadores. Desde 2017, com a chegada de Patrícia Costa, passou a ter quatro. Agora serão cinco.

Nos bastidores da Record, a promoção de Eduardo Ribeiro é vista como uma movimentação para um um futuro afastamento de Paulo Henrique Amorim. Quando vencer seu contrato, em 2021, o jornalista já estará perto dos 80 anos –acabou de completar 77.

Se uma das partes optar por não renovar o contrato, o que é muito provável, o Domingo Espetacular não sofrerá muito impacto, uma vez que já terá nova “cara”, a de Edu Ribeiro, sempre apontado como futuro apresentador do Jornal da Record, onde dá plantão na bancada com frequência.

Amorim ameaçado

O emprego de Paulo Henrique Amorim já esteve ameaçado outras vezes, mas resistiu. Suas opiniões políticas são o principal problema, geram pressões sobre os executivos da emissora. Mas Amorim as expõe em território independente na internet, não na Record. Além disso, ele goza de prestígio com a direção da Record e com o público. Segundo as pesquisas, ele dá credibilidade ao DE.

A Record, porém, passa por um momento de transformação no Jornalismo. Antonio Guerreiro assumiu em janeiro no lugar de Douglas Tavolaro, que vai fundar a CNN no Brasil, e promete dar uma “chacoalhada” no departamento.

Na semana passada, fechou a contratação de André Azeredo, o repórter mais popular da Globo em São Paulo, para apresentar o SP no Ar. A emissora também anda sondando medalhões da Globo e de outras emissoras. Um dos nomes cogitados recentemente foi o de Ana Paula Padrão.

A casa também cogita lançar um telejornal no horário ocupado nos últimos anos pelo Programa do Porchat, e já disparou o radar sobre nomes famosos da Globo.

Nesse cenário de transformação interna e diante da conjuntura política nacional, pode ser que agora Paulo Henrique Amorim esteja mais ameaçado do que nunca.

Compartilhe

Cariri em Ação

Leia mais notícias em caririemacao.com, siga nossa página no FacebookInstagram e Youtube e veja nossas matérias, vídeos e fotos. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Cariri em Ação pelo WhatsApp (83) 9 9634.5791, (83) 9 9601-1162.