Após massacre, Governo Bolsonaro pode proibir jogos como Free Fire, Pubg e Fortnite no Brasil

Após massacre em Suzano, São Paulo, onde um adolescente e um homem encapuzados atacaram a Escola Estadual Raul Brasil, na manhã desta quarta-feira (13) e mataram dez pessoas, governo pode proibir jogos como Free Fire, Pubg e Fortnite no Brasil.

O Brasil não será o primeiro país a proibir jogos violentos, outros países já proibiram jogos desse tipo, em 2008 o jogo ‘GTA IV’ foi proibido na Tailândia após homicídio. Um jovem roubou e matou um taxista de 54 anos, A polícia informou que o jovem não mostrava sinais de problemas mentais durante o interrogatório, e que havia confessado ter cometido o crime por causa do jogo. GTA foi proibido aqui no Brasil alguns anos depois.

O presidente Jair Bolsonaro postou mensagem na rede social Twitter em que prestou condolências aos parentes das vítimas do massacre na Escola, em Suzano, na Grande São Paulo.

“Presto minhas condolências aos familiares das vítimas do desumano atentado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo. Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!”.

Os assassinos Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Henrique de Castro que mataram nesta quarta-feira (13) oito pessoas em Suzano (SP) eram ex-alunos da Escola Estadual Raul Brasil, alvo do ataque, disse o secretário de Segurança Pública de São Paulo, João Camilo Pires de Campos. De acordo com ele, os cinco alunos assassinados tinham entre 15 e 17 anos de idade. Também foram mortos duas funcionárias do colégio e o proprietário de uma loja próximo ao local.

Jogos violentos e aparelhos de celulares foram apreendido na casa de Luiz Henrique um dos assassinos do massacre da Escola.

Com RS Agora

Compartilhe

Cariri em Ação

Leia mais notícias em caririemacao.com, siga nossa página no FacebookInstagram e Youtube e veja nossas matérias, vídeos e fotos. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Cariri em Ação pelo WhatsApp (83) 9 9634.5791, (83) 9 9601-1162.