quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Acusado de ser o mandante do assassinato do vereador Déa é transferido para Cadeia Pública de São João do Cariri

A polícia determinou a transferência de José Sandro Silva acusado de ser o mandante do assassinato do Vereador Déa que aconteceu no mês de agosto em Serra Branca.

O acusado foi transferido para a Cadeia Pública de São João do Cariri, a fim de preservar sua integridade física. A decisão partiu dos Delegados Rodrigo Monteiro e Cristiano Brito que estão á frente das investigações.

José Sandro está preso temporariamente por 30 dias, mas de acordo com a polícia esse prazo poderá ser prorrogado.

Entenda o caso
No mês de agosto o Vereador Geraldo Caetano, conhecido popularmente como Déa, foi assassinado a queima roupa em sua própria lanchonete na cidade de Serra Branca.

Após um incansável trabalho, a polícia prendeu temporariamente José Valter Silva, policial militar acusado de ser o assassino do vereador, e José Sandro Silva, proprietário da Funerária PAP (Plano Assistencial Pires) acusado de ser o mandante do crime.

De Olho No Cariri
Foto:Cariri de São João 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ARQUIVOS DO CARIRI EM AÇÃO: